quarta-feira, fevereiro 06, 2013

BANHO DE CHEIRO DO NOSSO CARNAVAL

 
 
Aprecio o meu cheiro
depois de você em mim
do seu sexo no meu sexo
marcando minha cama
meu quarto
as pontas de meus dedos
peças íntimas
 
Durmo com nosso odor
no travesseiro
e dias e dias e dias
permito que o lençol
permaneça ali
lembrando a sua presença
ainda em mim
no olor que agora não é só meu
misturado
a incenso
e vinho
 
Saboreio o aroma
que exalo assim
fêmea
feminina
a mulher pra ti
quando me pedes
“posso ir?”
e eu concedo
o desejado encontro
de nossos fluidos
exalados para o ritual
da nossa dança de acasalamento
e o perfume se instaura espaço a dentro
definindo o território em fragrância exata
que não se apaga
no banho restaurador
 
Admito, aqui estou
pensando em ti
pecando
anelando
vibrando
 gozando
aspirando
uma gota de banho de cheiro teu
desse nosso carnaval
onde o pecado não existe
nesta linha divisória
que nos separa
e nos atrai
para novos ais


Um comentário:

  1. parabéns, MÁRCIA!!!
    É BEM FEMININO, FEITO POR UMA VERDADEIRA MULHER!

    ResponderExcluir

Contribuições