quinta-feira, janeiro 03, 2013

TCHAU




Não me prometa nada

Nada

Promessas não me dizem

Coisa alguma

 

Alguma coisa

Nisso tudo de não sermos

Um casal

E sermos dois

Faz sentido

 

Meus sentidos se aguçam

Não me debruço em espera

Não me resguardo

Não planejo

 

Não é uma palavra mágica

Libertadora...

 

NÃO estou aí

Nem aí

Nem aqui

Meu pensamento em rastro

Transitando está ao vento

  

Não me prometa NADA

Você me libertou

E me diz oi

Do lado de cá digo tchau

Esvaziando você de mim

Toda em rebentação...

 


 

3 comentários:

  1. Adoro seus poemas. São fortes e cheios de emoção. São verdadeiros, sinceros. Transparecem sua alma.

    ResponderExcluir

Contribuições