quinta-feira, fevereiro 24, 2011

PORQUE EU NÃO SEI VIVER SEM DIGNIDADE



Minha voz se esvai
Se vai
E fico eu
E as letras,
E os gestos
E fica a intenção lançada
No ar

E sem vento
Sem corrente
Com a força da expressão
Dissemino
O que não me quer calar
O que me dilacera o ventre
O espírito

E eu grito
Porque eu não sei viver sem dignidade

Eu grito

Que querem fazer os homens
Que querem fazer as mulheres
Com a volta da inquisição?

Torturar a mulher violentada
Com uma bolsa-estupro
Incluí-la numa lista de controle
E obrigá-la a ter um filho fruto de uma agressão?

Já tem imbecil escrevendo na net:
“Agora, mulheres, fechem as pernas!”
E será disso pra pior
Se nós, mulheres, não começarmos
A lutar pelo que é nosso

Nosso corpo
Nossa liberdade
Nossa vontade
Nossa opinião

E esse povo legislador
Advindo de religião
Prega o discurso do amor
Impingindo a opressão?!

Eu grito!
Eu berro!
Eu não entrego a minha alma!

NÃO!

O útero é meu!
Eu gero
Quem, quando e onde eu quero

EU APOIO O ABORTO
PELA LIBERDADE DA MULHER
Sem repressão!
Sem regressão!!!


***

Para entender melhor a questão acesse:
http://acertodecontas.blog.br/atualidades/estatuto-do-nascituro-aprovado-hoje-proibe-aborto-em-qualquer-hipotese/
http://www.trezentos.blog.br/?p=4646
E o site que da Câmara que hospeda o PL 478/07 (Projeto de Lei que defende o Estatuto do Nascituro) que  dispõe sobre a criminalização do aborto provocado por estupro ou não. http://www.camara.gov.br/sileg/integras/747985.pdf

Só para adiantar a leitura, olha o que dispõe o Art. 13 do tal Projeto que é contra o aborto. Leia e depois reflita se você, mulher,que é dona de seu corpo, que tem parentes mulheres, VOCÊ acha JUSTO, CORRETO, que o Governo Brasileiro representado por políticos que defendem causas que não são nossas, controlem nosso corpo, e firam nossa dignidade nos obrigando a manter em todos os sentidos um ser fruto de violência sexual? Você CONCORDA com essa tortura, essa degradação? Pense agora não por você, mas pela posteridade, pelo futuro que reservamos às mulheres de nosso país. Se este Projeto de Lei for aprovado estaremos sujeitas a esse tipo de violência para a pior.

Os trechos abaixo fora extraídos do site da Câmara, citado acima. No PL 478/07, as partes em destaque vermelho são explicações e interpretações minhas.

PROJETO DE LEI No 478, DE 2007

(Apensos(= juntos) os PLs 489/07, 1.763/07e 3.748/08 )

Art. 13. O nascituro (=o que há de nascer) concebido em decorrência de estupro terá assegurado os seguintes direitos:

I – direito à assistência pré-natal, com acompanhamento psicológico da mãe; (vocês acham que qualquer tratamento paga a violência física e psicológica causada por um estupro? Vocês acreditam que o ESTADO, que já não atende a população em suas necessidades básicas no Sistema de Saúde Pública, irá restituir a vida de alguém que passou por tal violência?! )

II – direito de ser encaminhado à adoção, caso a mãe assim o deseje. (se a mãe conseguir sobreviver a toda a depressão e tortura de gerar um filho obrigada, porque a lei exige isso; a propósito, lembrem-se do caso ocorrido em 2009, da menina de 9 anos de Recife, estuprada pelo padastro e grávida de gêmeos, que a igreja tentou a todo custo impedir o aborto - pensem também nas crinaças, gente! - se a mãe não tentar fazer o aborto e não morrer antes mesmo de ter o filho- fruto do estupro- ou tentar se matar- o que não é impossível; a adoção seria a única solução, após, claro, a mulher já ter sido exposta à sociedade por gerar um filho fruto da violência. Isso é, no mínimo, uma ideia ignóbil.)

§ 1º Identificado o genitor do nascituro ou da criança já nascida, será este responsável por pensão alimentícia nos termos da lei. ( isso, decididamente, é inacreditável!!! O estuprador, se descoberto, terá de registrar a criança!!! Tentem imaginar: a gestante, vítima de violência sexual, terá de estar ligada ao estuprador, uma vez que, se assumir a criança - e é o que vai acontecer à população carente com o auxílio do BOLSA-ESTUPRO, e também, cá entre nós, não existem tantos abrigos assim que acolham crianças órfãs. Parece-me que falta espaço para tantos órfãos, não?! Ah! Mas isso iria ajudar muitos casais que desprezam as crianças maiores porque dão preferência às recém-nascidas. ÓTIMA SOLUÇÃO ESSA, hein?!)

§ 2º Na hipótese de a mãe vítima de estupro não dispor de meios econômicos suficientes para cuidar da vida, da saúde do desenvolvimento e da educação da criança, o Estado arcará com os custos respectivos até que venha a ser identificado e responsabilizado por pensão o genitor ou venha a ser adotada a criança, se assim for da vontade da mãe. (como eu havia mencionado no item anterior, se a mãe NÃO DISPOR de meios econômicos, ou seja, as mulheres carentes, receberá uma compensação financeira que mantenha a criança sob os cuidados dela... vai aparecer muito bebezinho fruto de estupro, caso este projeto seja aprovado. Vixi Maria. Imagina que o assunto vai passar a ser visto como fonte de renda para quem vive de programas sociais, né?! E a violência sexual, com isso, será banalizada. Além do que as mulheres de classe média baixa, ou as que tiverem alguma renda - claro que o governo vai estipular o valor da renda de quem tem e de quem não tem condições de manter os custos de uma criança fruto de estupro - serão obrigadas a se virar pra cuidar do problema, afinal, se o Governo alega falta de recursos para tantas obrigações básicas, como vai assumir mais este compromisso?! A mulher, vítima de estupro, com tal Lei em vigor, terá muito mais dificuldades de melhorar sua condição de vida no campo profissional, o que repercute negativamente na vida pessoal, colocando a mulher numa posição abaixo da que a mulher que planeja seus filhos conquista, buscando a independência para construir sua vida.)

Divulgue esta informação. Não engula qualquer notícia enlatada, maquiada pela falsa-moral, pelo discurso do bem-estar da família.

MULHER, faça valer seus direitos!
Seja livre! Lute por isso!


2 comentários:

  1. Abaixo a PL 478/07! Que não se vejam as mesmos debates ridículos da campanha nas eleições e se instaure o respeito. Muito bom, Márcia! Abaixo assinado:

    Fred Caju

    ResponderExcluir
  2. nossos políticos estão de mal a pior

    ResponderExcluir

Contribuições