quarta-feira, abril 07, 2010

JÚLIA BEATRIZ


Imagino que a maternidade tenha vindo para mim como deveria ser para a maior parte das mulheres, por desejo divino, uma força que vem de dentro e solicita da gente nossa cota, nossa doação integral aqui neste mundo.

Pois bem, Júlia aconteceu assim. Há 4 anos e 9 meses chegou e nasceu para mim antes mesmo de nascer para os que a conhecem e para o mundo. Semeada em Julho, Júlia carrega no nome e na alma a sua marca: alegria e juventude. É cheia de energia e é apaixonada pela vida. Quando aniversaria comemoro junto pelo seu nascimento e pelo meu renascimento, que veio com a transformação que fez em minha vida e com o brilho que projetou nos meus passos por onde quer que eu andasse, me iluminando a caminhada.

Beatriz me tornou alguém imensamente feliz e traz essa felicidade para os que com ela convive. Ao seu lado não me sinto ponto de espera para nada. Não me sentirei esperando o término de um curso, de uma viagem, de um namoro, de um casamento, de uma semana de trabalho para  que estejamos juntas... Eu estarei SEMPRE para ela, mesmo sabendo que um dia ela usará suas asas para conquistar longínquos horizontes, e sei, porque a alimento para isso, que eu estarei sempre em sua rota e a gente nunca se perderá na vida.

Se uma verdade existe de fato é a certeza de que o amor tem dessas coisas, de confiança e segurança, e que nenhuma intervenção pode abalá-lo pelas bases sólidas que o mantém.

Se alguém é capaz de amar irrestritamente, esse alguém sou eu e meu amor chama-se JÚLIA BEATRIZ.

2 comentários:

  1. Muitas lindas, as duas! UM feliz ano novo para Júlia! BEijoss!

    ResponderExcluir
  2. O ùnico e verdadeiro amor: o AMOR de MÃE... Ela deve ser linda igual vc!! bjão

    ResponderExcluir

Contribuições